Digitalização de Arte 3D LWT Sistemas
06/10/2015

Digitalização de Arte 3D – O Futuro está Próximo

A impressora 3D foi desenvolvida na Califórnia, pelo norte-americano Chuck Hull, no ano de 1984. A criação do equipamento usou como base experimentos de estereolitografia.

O primeiro resultado da impressora 3D foi a lâmpada para deixar resinas sólidas, mas o seu mais impactante resultado viria depois, com a modelagem de partes plásticas de maneira rápida e eficiente. Basicamente, a tecnologia criada por Chuck Hull possibilitou a construção de objetos através de um componente líquido, sendo que o produto da impressão é montado através de camadas.

Ao contrário dos métodos antigos, que são demorados, a impressora 3D pode resultar em diversos tipos de produtos com uma velocidade até 100 vezes mais veloz. A impressora 3D já está sendo usada para atividades de diversas áreas, como saúde, produção industrial, artes e setor da aviação.

A digitalização é realizada por meio de scanner. Em seguida, vem a etapa da impressão 3D,  que dá origem aos modelos tridimensionais. A tecnologia tem demonstrado um grande potencial no universo da arquitetura e das artes, além de ser amplamente utilizada em outros setores.

Como a impressão 3D está presente na vida das pessoas

Desde que foi inventada, a impressora 3D não parou de ganhar utilidade na vida das pessoas e está presente em diversos setores sociais, com diversas empresas especializadas na impressão tridimensional e serviços de protótipos. 45Esses equipamentos já estão mostrando muitos resultados ao mundo corporativo e acadêmico, bem como ao universo científico.

Impressora 3D Construção de Casas

Sua utilização está na indústria, nos estudos, na preparação de moldes, no segmento das joalherias, em projetos de softwares e na preservação de patrimônios culturais e artísticos. Os experimentos de digitalização de objetos estão ganhando amplitude, e já são realizados por grandes empresas de tecnologia, como o Google, por exemplo.

As impressões das peças são feitas com materiais como metal, cerâmica e plástico. A inovação na área tridimensional conta com largas cifras em investimentos, valores que devem chegar à marca de 50 bilhões de dólares em 2020.

Scanners 3D

A digitalização e impressão em 3D só são possíveis graças ao desenvolvimento de avançados scanners 3D. O scanner 3D produz cópias idênticas, em escala real e com alta precisão, de diversos tipos de objetos. Entre as empresas que apostam nesse segmento estão a Artec Group e a Mirror Image 3D, que são especialistas no desenvolvimento e venda de scanners 3D. Esses grupos estão, inclusive, construindo uma cabine capaz de digitalizar pessoas.

Scanner 3D LWT Sistemas

O equipamento trabalha em apenas 12 segundos e permite que as pessoas imprimam suas versões em miniatura. O escaneamento produz o modelo 3D, que segue para o computador e se transforma num arquivo da miniatura salvo na nuvem.

Projeto de digitalização de arte do Google

O Google Art Project também está usando a tecnologia de imagem 3D. O projeto de escaneamento tridimensional vem sendo usado para criar modelos digitais e 3D de peças de arte e de fósseis de crânios de animais. As imagens fazem parte de uma coleção virtual digitalizada com o apoio de museus e outras instituições.

Veja como funciona o Scan 3D com uma MarkerBot

Posts Relacionados

Acompanhe a LWT Sistemas

Categorias

Siga-nos no G+

Receba todas as Novidades em Primeira Mão

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATENDIMENTO E SUPORTE
+55 (11) 3232-0532