Árvore com painel que capta energia solar em suas "folhas" criada a partir de impressão 3D. Tronco marrom e folhas roxo com rosa.
03/03/2016

Impressão 3D Favorece o Agronegócio Brasileiro

A tecnologia 3D tornou-se popular e de conhecimento geral há dois anos, a rapidez e o baixo custo das peças desenvolvidas pelas impressoras trouxeram curiosidade e investimento de empresas de diversos setores. Segundo estimativas, o mercado mundial deve chegar a faturar U$$ 2,14 bilhões no ano de 2016.

A impressão é possível através de softwares de modelagem, tais como CATIA V5 e CATIA V6, DELMIA, entre outros, a peça é desenvolvida pelo computador e o molde é impresso com utilização de diversos materiais. A tecnologia permite a criação de: acessórios, objetos de decoração (para exemplificar, criamos um post sobre objetos para decoração impressão em 3D), peças do setor automotivo, sapatos, modelos, ferramentas industriais, moldes e protótipos, brinquedos e demais itens impressos.

Mão Humana segurando coração impresso através de tecnoligia de impressão 3D. Coração humano na cor vermelha.

Impressão 3D atuando na medicina.

Na área da medicina, como comentamos recentemente sobre como as impressoras 3D ajudam a medicina, protótipos de membros, tecidos humanos, órgãos e artérias salvam a vida de pessoas e animais (confira o caso do tucano e da jabuti que receberam próteses veterinárias feitas em impressora 3D). O setor automobilístico e de aviação já se beneficiam, é possível criar através da tecnologia 3D injetores de combustível de motores a jato, permutadores de calor e peças de carro.

Agronegócio

O agronegócio no Brasil passou o ano de 2015 em dúvidas. Muito se especulou o quanto a área seria afetada pela crise econômica que assolava o país e,por conta dos avanços tecnológicos na área da impressão 3D, poderemos perceber que o setor só tem a ganhar.

  1. Acessibilidade as energias renováveis

Árvore com painel que capta energia solar em suas "folhas" criada a partir de impressão 3D. Tronco marrom e folhas roxo com rosa.

Árvore impressa em Impressora 3D que gera Energia Renovável. (Click para conferir a matéria).

Com as impressoras 3D se tornou possível transformar materiais de baixo valor em energia renovável – o que pode ser uma ótima alternativa para os pequenos produtores rurais, que além de economizarem, também estarão trabalhando em prol da natureza.

Além disso, outra inovação que deve ser aproveitada neste sentido é em relação ao desenvolvimento de painéis fotovoltaicos. Cada vez mais próximos da impressão de tecidos humanos, cabe ainda destacar a possibilidade, em um futuro próximo, da impressão de células fotovoltaicas a moléculas.

Por fim, as energias renováveis também poderão se tornar mais acessíveis graças as impressoras 3D, uma vez que a impressão de equipamentos, acessórios e peças capazes de gerar energia não só desconcentrarão sua produção como também poderão afetar as próprias relações de compra e venda.

  1. Maior rentabilidade na produção de alimentos

Uma empresa norte-americana, atualmente, já concentra esforços na tentativa de imprimir carnes por meio dos tecidos e células animais conservadas em laboratório. O objetivo, no caso, é fazer com que em um futuro próximo torne-se possível minimizar os esforços de criação, transporte e abate de bovinos em massa, o que também elimina uma série de impactos para o meio ambiente.

Impressão de carne animal através de impressora 3D. Pessoa segurando "carne bovina" impressa em 3D

  1. Construção civil pré-moldadas e suas vantagens

Como citamos há tempos em uma publicação aqui em nosso blog sobre como a impressora 3D atua no setor de construção civil, já podemos encontrar algumas estruturas prediais pré-moldadas: tais como escadas, paredes, lajes e outros. Porém, com as impressoras em 3D, tais moldes serão construídos de modo mais uniforme, o que garante a tais estruturas design próprio e qualidade de primeira.

Para a construção civil aliada ao agronegócio, as impressoras 3D podem garantir vantagens na diminuição do tempo de execução da obra e dos custos operacionais, além de possibilitar muito menos desperdício de materiais.

O ano passado foi delicado para o agronegócio, mas segundo o Ministério da Agricultura o setor chegou a faturar cerca de R$ 478 bilhões de reais. Portanto, a área ganha um gás com o desenvolvimento da tecnologia 3D e promete passar o ano em crescimento.

Posts Relacionados

Acompanhe a LWT Sistemas

Categorias

Siga-nos no G+

Receba todas as Novidades em Primeira Mão

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATENDIMENTO E SUPORTE
+55 (11) 3232-0532