Conheça o FDM TPU 92A - O primeiro material elastômero impresso da Stratasys

Conheça o FDM TPU 92A - O primeiro material elastômero impresso da Stratasys

Conheça o FDM TPU 92A – O primeiro material elastômero impresso da Stratasys

Impulsionando a Manufatura Aditiva, a Stratasys (Nasdaq: SSYS) lança um elastômero avançado e materiais aprimorados para seus principais equipamentos das tecnologias FDM e PolyJet, com aplicações em prototipagem rápida, produção de ferramental customizado e peças de uso final.

A solução de elastômero FDM oferece novos níveis de elasticidade e durabilidade aos fabricantes, com suporte solúvel, enquanto as cores avançadas dos materiais da tecnologia PolyJet proporcionam maior realismo, transformando os processos tradicionais de design e prototipagem.

Os materiais já estão disponíveis para comercialização no mercado brasileiro.

Com o novo material elastômero, os clientes podem produzir peças com resistência única e com a capacidade de alongamento ou compressão, sem comprometimento da forma. Disponível para as impressoras 3D da Série F123, o elastômero Stratasys TPU 92A destina-se a atender às necessidades dos fabricantes que precisam de peças com capacidade de alongamento, alta resistência e total liberdade de design. Com o suporte solúvel, a nova solução pode reduzir significativamente o tempo de produção e os custos de trabalho.

O que é um elastômero?

Um elastômero é um polímero que apresenta propriedades “elásticas”, obtidas depois da reticulação. Ele suporta grandes deformações antes da ruptura.

Qual a diferença de um material Elastômero para um polímero rígido?

A principal diferenças entre um material elastômero e de um polímero rígido é a sua resiliência, ou seja uma capacidade maior para se esticar ou comprimir e não perder nada de sua forma.

O que significa TPU?

TPU é um tipo de elastômero, um polímero com propriedades elásticas.

o TPU é reconhecido por ser de extrema durabilidade, propriedades elásticas de alto padrão e uma qualidade extrema.

O material FDM TPU 92A estará disponível para as impressoras da serie F( F170 F270 F370).

A criação de peças de elastômero usando silicone tradicional ou moldes CNC é um processo extremamente caro e demorado.

Ao mesmo tempo, entendemos que outras técnicas aditivas não podem, por si só, apresentar peças com o tamanho e a complexidade obtidas com o nosso material elastômero”, diz Zehavit Reisin, Vice-Presidente e Head da área de Soluções e Materiais, Stratasys. “Os fabricantes precisam de soluções de impressão 3D que possam ser colocadas em operação em ambientes reais e extremos de prototipagem e de produção.

Com peças confiáveis e altamente resistentes, nossas soluções são desenvolvidas para permitir que eles obtenham exatamente isso”.

“O novo material Stratasys 92A é interessante para nossos clientes, pois quando combinado com suporte solúvel, oferece a oportunidade de produzir peças de elastômero médias ou grandes, complexas, duráveis e resistentes, que antes eram inviáveis”, afirma Vince Anewenter, Diretor do Consórcio de Prototipagem Rápida, Escola de Engenharia de Milwaukee.

Veja Também:

Além da Industria 4.0, Conheça a Sociedade 4.0

Mapeamento aéreo aumenta produtividade no campo

Compartilhe isso: