A ascensão da medicina quando aliada às tecnologias

medicina

A ascensão da medicina quando aliada às tecnologias

Hoje, é fácil nos surpreendemos com as possibilidades da medicina quando apoiada às tecnologias. Caminhos que antes pareciam inimagináveis, agora se fazem reais com a conexão dessas áreas.

A impressão 3D é uma aliada nessa transformação, proporcionando atendimentos e tratamentos diferenciados, além de maior clareza nos diagnósticos. De próteses para pacientes a órgãos para aulas de anatomia em universidades, a flexibilidade com baixo custo oferecida pela manufatura aditiva faz com que o número de procuras seja realmente extraordinário.

Próteses mais acessíveis na medicina

Do elevado número de pessoas que perdem membros do corpo, apenas uma pequena parcela tem acesso às próteses para recuperar suas funções. Isso porque as opções disponíveis no mercado costumam ser limitadas ou muito caras.

Todos os setores de próteses sofrem com essa barreira, incluindo o setor de órteses – que costumam ter um alto custo de produção e demoram semanas ou meses para serem fabricadas – e o de palmilhas.

A impressão 3D dá aos protesistas a liberdade de design, mudando a realidade dessas áreas, e trazendo mais opções ao mercado, de forma rápida e muito mais barata.

Instrumentos e dispositivos médicos

Por sua facilidade de uso combinada ao baixo custo, a impressão 3D revolucionou o desenvolvimento de muitos produtos, incluindo as ferramentas médicas. Essa tecnologia já está presente na produção de instrumentos médicos e cirúrgicos, auxiliando fabricantes na criação de protótipos e dispositivos complexos e precisos, reduzindo consideravelmente o tempo e os custos de fabricação.

Modelos anatômicos nas salas de cirurgia

A impressão 3D de modelos anatômicos como uma forma de saída personalizada tem se tornado cada vez mais útil na medicina. Em casos cirúrgicos mais complexos, os modelos de referência visuais e táteis são capazes de melhorar a compreensão e a comunicação não só da equipe, mas entre médicos e pacientes. Um software moderno facilita a conversão de imagens médicas em modelos completos que podem ser usados para a impressão 3D. Um bom exemplo é a produção desses modelos de referência específicos a partir de tomografias e ressonâncias magnéticas.

Podem também ser usados como ferramentas no planejamento pré-operatório, e até mesmo no pré-ajuste de equipamentos médicos para procedimentos complexos ou de rotina.

Esse auxílio reduz drasticamente o tempo e os custos nas salas de cirurgia, além de acelerar a etapa de recuperação dos pacientes.

O futuro da medicina

Medida em que as tecnologias e os materiais de impressão 3D evoluem, o caminho para cuidados singulares e aplicações médicas de alto impacto tendem a expandir de maneira notável e positiva. Isso abre espaço para a capacitação de profissionais de saúde, incentivando-os a desenvolver novas soluções clínicas e fabricar rapidamente dispositivos personalizados.

A tendência é que cada vez mais recursos sejam explorados dentro desse meio, inovando métodos de tratamentos e pesquisas médicas, desenvolvendo diferentes maneiras de cura, fabricando novas ferramentas de combate às doenças e apresentando saídas para uma vivência com qualidade.

Veja também:

A impressão 3D como ferramenta de avanço nas indústrias

Dica de CATIA V5 – Exibir desempenho