MANUFATURA INTELIGENTE E SUSTENTÁVEL

Sabemos que atualmente um dos problemas mais graves da humanidade são relacionados ao clima no planeta, uma série de levantamentos, pesquisas e até mesmo constatações, tem alertado especialistas para amenizar a situação atual em que se encontra o planeta terra. Dados da ONU (Organização das Nações Unidas) apontam para 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), dentre eles alguns são estabelecidos para que haja ações em relação as mudanças climáticas.

Visando um desenvolvimento sustentável podemos citar alguns tópicos:

  • Energia limpa e acessível
  • Trabalho decente e crescimento econômico
  • Indústria, Inovação e Infraestrutura
  • Cidades e Comunidades Sustentáveis
  • Consumo e Produção responsáveis
  • Ação contra a mudança global do clima
MANUFATURA INTELIGENTE E SUSTENTÁVEL Visto que temos uma agenda a seguir nas questões climáticas, a economia que conhecemos não ficaria de fora dessa agenda então, um novo modelo econômico vem sendo adotado visando também a sustentabilidade. Estamos falando da ECONOMIA CIRCULAR. A economia circular é um modelo econômico que difere da tradicional “economia linear” (extrair, produzir, usar e descartar) ao enfatizar a minimização do desperdício e maximização da reutilização, reciclagem e regeneração de recursos. Ela se baseia nos seguintes princípios-chave: Reduzir, Reutilizar e Reciclar (3R’s). Esse conceito econômico e ambiental se concentra na redução do desperdício de recursos, na promoção da sustentabilidade e na maximização da eficiência no uso de materiais, produtos e recursos naturais. Ela é uma alternativa ao modelo econômico tradicional, conhecida como economia linear, que se baseia na redução de recursos naturais, produção, consumo e descarte. Diante de todas essas preocupações, novos métodos, legislações, etc, fica fácil identificar que um processo fabril tenha que ser desenvolvido e inserido para seguir os mesmos passos de uma fabricação sustentável. Os processos no qual ainda não se adequaram aos requisitos de uma ECONOMIA CIRCULAR, com o passar do tempo serão deixados de lado, e isso a um curto prazo visto que essa agenda tem ganhado mais força e importância conforme citamos acima. Para isso já existem no mercado soluções e estudos de layouts de produção para uma adequação rápida e inteligente desses processos. A MANUFATURA ADITIVA tem ganhado cada vez mais espaço em grandes empresas, além disso SOFTWARES de modelamento 3D como CATIA e SOLIDWORKS, colaboram para que esses processos fiquem mais otimizados. MANUFATURA INTELIGENTE E SUSTENTÁVELCom a expansão da MANUFATURA ADITIVA os materiais utilizados para impressão também avançaram em tecnologia e consequentemente em possibilidades, isso faz com que fluxos de trabalho sejam mais eficientes. Nos SOFTWARES de modelamento existem ferramentas que possibilitam um estudo sobre um melhor aproveitamento de material, estudo da estrutura do material levando em consideração as cargas, restrições e objetos de design. A OTIMIZAÇÃO TOPOLÓGICA que é muito usada na engenharia especialmente em projetos de engenharia mecânica e estrutural vai ser uma técnica adequada para redução de peso e uso do material. Em resumo, a otimização topológica é uma abordagem de engenharia que visa criar modelos eficientes em termos de material, maximizando a relação entre desempenho e peso através da redistribuição inteligente de material em uma estrutura. MANUFATURA INTELIGENTE E SUSTENTÁVEL MANUFATURA INTELIGENTE E SUSTENTÁVEL A redução de resíduos através da manufatura aditiva, também é uma abordagem importante na busca por práticas de produção mais sustentáveis. A manufatura aditiva difere dos métodos tradicionais de fabricação, como a usinagem ou a moldagem, porque constrói objetos camada por camada a partir de materiais, geralmente plásticos, metais ou cerâmicas, em vez de remover material de um bloco sólido. Aqui estão algumas maneiras pelas quais a manufatura aditiva contribui para a redução de resíduos:
  1. Uso eficiente de material: A impressão 3D deposita material apenas onde é necessário para construir a peça, eliminando a necessidade de cortar ou descartar material em excesso, como acontece com os métodos de usinagem.
  2. Design otimizado: A manufatura aditiva permite a criação de geometrias complexas que seriam impossíveis de produzir com técnicas tradicionais. Isso permite o design de peças mais leves e eficientes em termos de material, reduzindo o desperdício.
  3. Produção sob demanda: Com a impressão 3D, é possível produzir peças sob demanda, o que significa que não é necessário manter grandes estoques de produtos. Isso evita o desperdício associado ao excesso de produção e à obsolescência de estoque.
  4. Reaproveitamento de resíduos: Alguns sistemas de impressão 3D permitem a reciclagem de resíduos de material, dando-lhes uma segunda vida. Isso ajuda a reduzir ainda mais o desperdício.
  5. Redução de embalagens: A produção local sob demanda pode reduzir a necessidade de embalagens excessivas, que muitas vezes são descartadas como resíduos.
  6. Personalização: A capacidade de personalização da manufatura aditiva significa que as peças podem ser projetadas de acordo com as necessidades específicas do cliente, evitando a produção em massa de produtos que podem acabar não sendo utilizados.
  7.     Prototipagem rápida: A impressão 3D é frequentemente usada na prototipagem de produtos, permitindo que as empresas testem designs antes de investir em ferramentas de fabricação caras. Isso ajuda a evitar erros de projeto que poderiam resultar em grandes quantidades de resíduos.
Em suma, a manufatura aditiva tem o potencial de revolucionar a forma como os produtos são fabricados, tornando o processo mais eficiente, econômico e ambientalmente amigável, ao mesmo tempo em que reduz significativamente a produção de resíduos. No entanto, é importante lembrar que a sustentabilidade na manufatura aditiva também depende do uso responsável de materiais e do descarte adequado de resíduos quando necessário. Combinado com CATIA ou SOLIDWORKS e seus respectivos ambientes dedicados a OTIMIZAÇÃO TOPOLÓGICA, enxergamos uma maneira ter uma MANUFATURA INTELIGENTE e SUSTENTÁVEL. Fonte: LWT Sistemas
×